'Só me dá dor de cabeça', diz Bolsonaro sobre Petrobras

Ele disse que não pode interferir na política de preços da estatal, apesar de ser responsabilizado pelo aumento dos combustíveis

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta quarta-feira, dia 27, que a Petrobras é uma empresa que só dá “dor de cabeça” a ele. “Alguns acham que a culpa [do preço dos combustíveis] é minha. Eu posso interferir na Petrobras? Eu vou responder a processo. O presidente da Petrobras vai acabar sendo preso. É uma estatal que, com todo respeito, só me dá dor de cabeça”, disse.
Bolsonaro deu a declaração em entrevista à Jovem Pan, que ele próprio também transmitiu pelas redes sociais. Ele mencionou mais uma vez que a empresa está no "radar da privatização” como forma de quebrar monopólio do setor de combustíveis.
“Outro dia chegou um assessor: ‘Olha, a Petrobras acabou de bater recorde na produção de barril’”, disse o presidente, reproduzindo o que teria dito o auxiliar. “E qual a consequência disso? O que o povo vai pensar? Nós somos autossuficientes? Somos. Mas, dadas as leis do passado, a vinculação do preço do combustível levando em conta o barril Brent lá fora e o dólar, o reajuste é automático”, prosseguiu Bolsonaro.
O presidente ainda disse que a estatal “é uma empresa que hoje em dia está prestando serviço para acionistas”.

image